TRANSLATE THIS HOMEPAGE TO YOUR LANGUAGE

Jesus na Sinagoga de Nazaré - Programa de 24 de outubro de 2012


PARA BAIXAR O ARQUIVO DESSE PROGRAMA DE RÁDIO NO SEU COMPUTADOR, CLIQUE AQUI NESTE LINK

BÍBLIA. Português. Bíblia de Jerusalém. Nova edição rev. e ampl. São Paulo: Paulus, 2002. 3 a. Impressão: 2004. O Evangelho Segundo Lucas 4:14-30 p. 1794-5

 
JESUS INAUGURA SUA PREGAÇÃO - JESUS EM NAZARA
 
PASSAGENS PARALELAS ENCONTRADAS EM MARCOS 6, 1-6 E MATEUS 13, 58-8.
 
22 Todos testemunhavam a seu respeito, e admiravam-se das palavras cheias de graça que saíam de sua boca. E diziam: "Não é o filho de José?"
 
#Razões para a admiração.
 
O destemor com que Jesus rompe com os preconceitos, e mesmo na condição de simples carpinteiro, apresenta-se para ler as escrituras. Além disso, com grande coragem escolhe o trecho a ser lido, e interrompe antes do final.
 
A beleza da interpretação do trecho, aliando a uma forma otimista,  cativante e meiga de se expressar com a visão da Generosidade de Deus: nele se cumpria a Promessa Divina de um porvir melhor.
 
#“e admiravam-se das palavras cheias de graça que saíam de sua boca” é uma expressão neutra, isso é, não significa que concordaram com Jesus. Apenas que ficaram estupefatos.  Por isso Jesus, ao ler os pensamentos dos presentes, prossegue no discurso como veremos no próximo versículo.
 
#A alusão a José diz respeito à descendência do Rei Davi que o Messias teria. José era da linhagem do Rei Davi. Daí o motivo da evocação do nome do pai de Jesus, desencarnado havia mais de 20 anos. Essa afirmativa tinha como objetivo corroborar com a tese de que Jesus era o Ungido
 
23 Ele, porém, disse: "Certamente me citareis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum, faze-o também aqui em tua pátria".
 
#Auscultando as dúvidas nos presentes, Jesus se adianta. No entanto, em vez de dar demonstrações miraculosas, ele oferece uma visão crítica, analítica sobre a questão. Que nos sirva de lição. O entendimento das Leis Morais é muito mais importante que qualquer fenômeno espírita. Se quisermos divulgar o espiritismo, façamo-lo pelas ideias, pelas explicações que logra, pelo entendimento das questões inexplicáveis, e não por fenômenos. 
 
 



ENCICLOPÉDIA DA BÍBLIA, organizada por John Drane


Caros amigos.

Gostaria de recomendar a excelente Enciclopédia da Bíblia, organizada por John Drane, que poderá ser encontrada nas grandes livrarias, como as Livraria Saraiva e da Travessa, por exemplo.

No entanto, vocês poderão Consultar e ler a Enciclopédia da Bíblia aqui mesmo no blog!

A imagem abaixo não é apenas uma figura, mas sim uma janela para acessar essaa Enciclopédia, que está hospedada no "Google Livros".

Bastar clicar na barra de rolagem ("setinhas") da figura abaixo, e as páginas do livro se abrirão para leitura.

Caso a janela apareça "em branco", clique em "conteúdo", no topo dessa figura, e a enciclopédia será carregada no blog novamente.





Bons estudos, fraternal abraço, Fabiano


***

Dúvidas, críticas e sugestões?

Dúvidas, críticas e sugestões?
Mande um e-mail para mim, clicando no link abaixo

Seguidores do Site (clique em "seguir" para ser informado sobre novas postagens no blog)

Visualizações do blog desde julho/2010