TRANSLATE THIS HOMEPAGE TO YOUR LANGUAGE

O Espírito Santo é o próprio Cristo


MINISTÉRIO DE JESUS NA GALILEIA

JESUS INAUGURA SEU MINISTÉRIO

Lc 4:15 - Jesus voltou então para a Galileia, com a força do Espírito, e Sua fama espalhou-se por toda a região circunvizinha.

Temática: O Espírito Santo é o próprio Cristo

OUÇA NOVAMENTE O ÁUDIO DO PROGRAMA.

CLIQUE NO "PLAY" DA FIGURA ABAIXO
 


E PARA BAIXAR O ARQUIVO DE ÁUDIO NO SEU COMPUTADOR, CLIQUE 
A Q U I

Entendimentos para O ESPÍRITO SANTO – contexto Novo Testamento

ð                 Entendimentos para O ESPÍRITO SANTO

III.             Novo Testamento: DIFERENÇAS NAS TRADUÇÕES

João, III: 1 a 12

Jesus lhe respondeu: “Em verdade, em verdade, te digo que, se um homem não renasce da água e do espírito, ele não pode entrar no reino de Deus. O que nasceu da carne é carne, o que nasceu do espírito é espírito. Não te admires de que eu tenha dito que é preciso que nasças de novo. O espírito sopra onde quer, e ouves a sua voz, mas tu não sabes de onde ele vem nem para onde vai; o mesmo ocorre com todo o homem que é nascido do espírito.”

7. Estas palavras: “Se um homem não renasce da água e do espírito” foram interpretadas como a regeneração pela água do batismo, mas o texto primitivo trazia simplesmente não renascer da água e do espírito, enquanto que, em certas traduções, as palavras do espírito foram substituídas por do Espírito Santo o que não corresponde mais ao mesmo pensamento. Esse ponto capital ressalta dos primeiros comentários feitos sobre o Evangelho, assim como um dia isso será constatado sem equívoco possível.

Nota de Kardec: A tradução de Osterwald está conforme o texto primitivo; ela diz: não renasce da água e do espírito; a da Sacy diz: do Santo Espírito, e a de Lamennais: do Espírito Santo. Allan Kardec

O Evangelho Segundo O Espiritismo – Capítulo IV
Ninguém Pode Ver o Reino de Deus se Não Nascer de Novo

ð                 Entendimentos para O Espírito

IV.           Novo Testamento: O Próprio Cristo

IV.1) ATOS DOS APÓSTOLOS – CAP. 5:8-11 - A fraude de Ananias e de Safira

Pedro interpelou-a: "Dize-me, foi por tal preço que vendestes o terreno?" E ela respondeu: "Sim, por tal preço". Retrucou-lhe Pedro: "Por que vos pusestes de acordo para tentardes o Espírito do Senhor? Eis à porta os pés dos que sepultaram teu marido; eles levarão também a ti". No mesmo instante ela caiu a seus pés e expirou. Os jovens, que entravam de volta, encontraram-na morta; levaram-na e a enterraram junto a seu marido. Sobreveio então grande temor à Igreja inteira e a todos os que tiveram notícia destes fatos.

IV.2) Nas Epístolas Paulinas aos Romanos, Coríntios, e Gálatas Paulo faz uma identificação de O Espírito com o próprio Mestre, através de expressões como “Espírito de Cristo” e “Espírito de Deus”, chegando, de forma explícita, a afirmar em II Cor 3:17 que  Pois o Senhor é o Espírito, e onde se acha o Espírito do Senhor aí está a liberdade”.

IV.3) Nas dissertações Paulinas também encontraremos menções para as Obras do Espírito no que diz respeito a concessão de poder, regeneração e moralização, acesso e condução ao Cristo, fé e crescimento espiritual, distribuidor de dons espirituais, pacificação, e intercessão providencial.
DOUGLAS, J. D. O novo dicionário da bíblia. 3. Ed. São Paulo: Vida Nova, 2006. p. 452-456.

IV.4) ATOS – Cap. 16:6-7

Travessia da Ásia Menor — Atravessaram depois a Frigia e a região da Galácia, impedidos que foram pelo Espírito Santo de anunciar a palavra na Ásia. Chegando aos confins da Mísia, tentaram penetrar na Bitínia, mas o Espírito de Jesus não lhe permitiu.

IV.5) II CORÍNTIOS – Cap. 3:15-17

Sim; até hoje, todas as vezes que lêem Moisés, um véu está sobre o seu coração. É somente pela conversão ao Senhor que o véu cai. Pois o Senhor é O Espírito, e onde se acha o Espírito do Senhor aí está a liberdade.

IV.6) O Livro dos Médiuns, Capítulo IV - Concordância de Paulo e Kardec

48. Sistema unispírita ou monoespírita.

Obs.: Nesse item Allan Kardec refuta o sistema monoespírita, e utiliza como sinônimos os nomes Jesus, Cristo, Espírito Santo e Espírito da Verdade.

“48. Sistema unispírita ou monoespírita. Uma variedade do sistema otimista consiste na crença de que um único Espírito comunica-se com os homens e que este Espírito é o Cristo, que é o protetor da Terra. Quando se veem comunicações da mais baixa trivialidade, de uma grosseria revoltante, impregnadas de malevolência e de maldade, haveria profanação e impiedade em supor que elas pudessem emanar do Espírito do bem por excelência. Mais ainda, se aqueles que assim o creem nunca tivessem obtido senão comunicações irrepreensíveis, conceber-se-ia sua ilusão; a maioria, porém, concorda ter recebido algumas muito ruins. Eles o explicam, dizendo que se trata de uma prova que o bom Espírito os faz experimentar, ditando-lhes coisas absurdas; assim, enquanto uns atribuem todas as comunicações ao diabo, que pode dizer boas coisas, para tentar, outros pensam que unicamente Jesus se manifesta e que ele pode dizer coisas ruins, para experimentar os homens. Entre estas duas opiniões tão opostas, quem se pronunciará? O bom-senso e a experiência.

Dizemos a experiência, porque é impossível que aqueles que professam ideias tão exclusivas tenham visto tudo e bem visto. Quando se lhes apresentam os fatos de identidade que atestam a presença de pais, amigos ou conhecidos, através das manifestações escritas, visuais, ou outras, eles respondem que é sempre o mesmo Espírito: o diabo, segundo uns; o Cristo, segundo outros, que toma todas as formas. Mas, não nos dizem por que os outros Espíritos não podem comunicar-se; com que objetivo o Espírito de Verdade viria nos enganar, apresentando-se sob falsas aparências; iludir uma pobre mãe, fazendo-a acreditar, mentirosamente, que ali está o filho por quem chora. Enfim: a razão se recusa a admitir que o Espírito Santo se rebaixe, para representar semelhante farsa. Aliás, negar a possibilidade de qualquer outra comunicação, não será tirar do Espiritismo o que ele tem de mais suave: a consolação dos aflitos?

Digamos, simplesmente, que semelhante sistema é irracional e não pode resistir a um exame sério.”

ENCICLOPÉDIA DA BÍBLIA, organizada por John Drane


Caros amigos.

Gostaria de recomendar a excelente Enciclopédia da Bíblia, organizada por John Drane, que poderá ser encontrada nas grandes livrarias, como as Livraria Saraiva e da Travessa, por exemplo.

No entanto, vocês poderão Consultar e ler a Enciclopédia da Bíblia aqui mesmo no blog!

A imagem abaixo não é apenas uma figura, mas sim uma janela para acessar essaa Enciclopédia, que está hospedada no "Google Livros".

Bastar clicar na barra de rolagem ("setinhas") da figura abaixo, e as páginas do livro se abrirão para leitura.

Caso a janela apareça "em branco", clique em "conteúdo", no topo dessa figura, e a enciclopédia será carregada no blog novamente.





Bons estudos, fraternal abraço, Fabiano


***

Dúvidas, críticas e sugestões?

Dúvidas, críticas e sugestões?
Mande um e-mail para mim, clicando no link abaixo

Seguidores do Site (clique em "seguir" para ser informado sobre novas postagens no blog)

Visualizações do blog desde julho/2010