TRANSLATE THIS HOMEPAGE TO YOUR LANGUAGE

O Espírito Santo (Estudo 8) - O Evangelho Segundo Lucas - cap. 4 - vers. 15 (Programa dos dias 04 e 07 de dezembro de 2011)


MINISTÉRIO DE JESUS NA GALILEIA

JESUS INAUGURA SEU MINISTÉRIO

Lc 4:15 - Jesus voltou então para a Galileia, com a força do Espírito, e Sua fama espalhou-se por toda a região circunvizinha.

Temática: O Espírito Santo (estudo   8)

OUÇA NOVAMENTE O ÁUDIO DO PROGRAMA.

CLIQUE NO "PLAY" DA FIGURA ABAIXO
 
E PARA BAIXAR O ARQUIVO DE ÁUDIO NO SEU COMPUTADOR, CLIQUE A Q U I
ESTUDO SOBRE O PENTECOSTE: ATOS DOS APÓSTOLOS - CAPÍTULO 2: 21
I) O Pentecoste — Tendo-se completado o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.
De repente, veio do céu um ruído como o agitar-se de um vendaval impetuoso, que encheu toda a casa onde se encontravam.
Apareceram-lhes, então, línguas como de fogo, que se repartiam e que pousaram sobre cada um deles. E todos ficaram repletos do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia se exprimissem.
Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos vindos de todas as nações que há debaixo do céu.
Com o ruído que se produziu a multidão acorreu e ficou perplexa, pois cada qual os ouvia falar em seu próprio idioma.
Estupefatos e surpresos, diziam: "Não são, acaso, galileus todos esses que estão falando?
Como é, pois, que os ouvimos falar, cada um de nós, no próprio idioma em que nascemos?
Partos, medos e elamitas; habitantes da Mesopotâmia, da Judéia e da Capadócia, do Ponto e da Ásia, da Frigia e da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia próximas de Cirene; romanos que aqui residem; tanto judeus como prosélitos, cretenses e árabes, nós os ouvimos apregoar em nossas próprias línguas as maravilhas de Deus!"
Estavam todos estupefatos. E, atônitos, perguntavam uns aos outros: "Que vem a ser isto?" Outros, porém, zombavam: "Estão cheios de vinho doce!"
Discurso de Pedro à multidão
— Pedro, então, de pé, junto com os Onze, levantou a voz e assim lhes falou: "Homens da Judéia e todos vós, habitantes de Jerusalém, tomai conhecimento disto e prestai ouvidos às minhas palavras.
Estes homens não estão embriagados, como pensais, pois esta é apenas a terceira hora do dia.
O que está acontecendo é o que foi dito por intermédio do profeta:Sucederá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda carne. Vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões e vossos velhos sonharão. Sim, sobre meus servos e minhas servas derramarei do meu Espírito. E farei aparecerem prodígios em cima, no céu, e sinais embaixo, sobre a terra. O sol se mudará em escuridão e a lua em sangue, antes que venha o Dia do Senhor, o grande Dia. E então, todo o que invocar o nome do Senhor, será salvo.
II) LIVRO DO PROFETA JOEL – Cap 3:1-5
"Depois disto, derramarei o meu espírito sobre toda carne. Vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos anciãos terão sonhos, vossos jovens terão visões. Mesmo sobre os escravos e sobre as escravas, naqueles dias, derramarei o meu espírito. 3Colocarei sinais nos céus e na terra, sangue, fogo e colunas de fumaça". 4O sol se transformará em trevas, a lua em sangue, antes que chegue o dia de Iahweh, grande e terrível! Então, todo aquele que invocar o nome de Iahweh, será salvo. Porque no monte Sião haverá salvação, como Iahweh falou, e em Jerusalém sobreviventes que Iahweh chama. Bíblia de Jerusalém pág. 1609
III) As três festas obrigatórias aos varões hebreus, ao tempo de Jesus:
ANTIGO TESTAMENTO ÊXODO (Moisés) capítulo 23:14-17
"Três vezes no ano me celebrarás festa. Guardarás a festa dos Ázimos. Durante sete dias comerás ázimos, como te ordenei, no tempo marcado do mês de abib, porque foi nesse mês que saíste do Egito.
Ninguém compareça de mãos vazias perante mim, Guardarás a festa da Messe, das primícias dos teus trabalhos de semeadura nos campos, e a festa da Colheita, no fim do ano, quando recolheres dos campos o fruto dos teus trabalhos. Três vezes no ano, toda a população masculina comparecerá perante o Senhor Iahweh."
A) Festas dos Ázimos e Pessach (véspera de 14 nisã)– Livramento da escravidão no Egito. Durante sete dias era comido pão sem fermento, sendo no primeiro e último dias feitas as convocações santas, onde eram realizados os sacrifícios. No último dia da Páscoa ocorria a Festa da Messe. Nesta festa havia a consagração a Deus da primeira porção das primeiras colheitas (geralmente cevada).
B) Festa das Semanas – Louvor a Deus pelas colheitas, acontecendo a consagração a Deus da primeira porção das últimas colheitas (geralmente trigo). Como ocorria 7 semanas e um dia após o sábado pascal, recebeu o nome de Pentecoste, que em grego significa 50 dias.
C) Festa dos Tabernáculos – Tabernáculo significa Tenda da Congregação, um lugar provisório para a reunião de Deus com Seu povo. Celebrava a Provisão Divina que tirou os hebreus do Egito, se fez presente nas tendas, conduzindo-os no deserto. Durante essa ocasião ocorria a Festa da Colheita.
ð              Entendimentos para O ESPÍRITO SANTO – contexto Novo Testamento

I)         MEDIUNIDADE
I.1) ATOS DOS APÓSTOLO – CAP. 2:37-38
I.2)ATOS DOS APÓSTOLOS – CAP. 10:44-46
I.3.1)  Elucidações de Allan Kardec sobre O Pentecoste e o Espírito Santo
PENTECOSTES e a promessa da Vinda do Consolador
Pergunta: Poder-se-ia dizer que “O Consolador” teria vindo aos discípulos de Jesus no dia da Pentecoste?
Resposta de Allan Kardec
A GÊNESE – Capítulo XVII – item 42
 “42. Se disserem que essa promessa foi realizada no dia de Pentecostes, com a descida do Espírito Santo, poder-se-á responder que o Espírito Santo os inspirou, que pôde abrir as suas inteligências, desenvolver neles as aptidões mediú­nicas que deviam lhes facilitar a missão, porém que não lhes ensinou nada além do que Jesus já ensinara, porquanto não se encontra nenhum vestígio de um ensinamento especial. Assim, o Espírito Santo não realizou o que Jesus anunciara em relação ao Consolador, caso contrário os apóstolos teriam elucidado, durante suas vidas, tudo o que permaneceu obscu­ro até hoje no Evangelho, e cuja interpretação contraditória deu origem às inúmeras seitas que dividiram o Cristianismo desde o primeiro século.”
KARDEC, Allan. A Gênese. Os Milagres e As Predições Segundo o Espiritismo. Tradução de Albertina Escudeiro Sêco. 2. Ed., Rio de Janeiro, CELD Ed: 2008. Cap. XVII, item 42.
(João cap. 15:26; “Mas o Paráclito, o Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará tudo e vos recordará tudo o que eu vos disse.”)
I.3.2) Elucidações de Allan Kardec sobre O Pentecoste e o Espírito Santo
A GÊNESE- CAPÍTULO I - Fundamentos da Revelação Espírita
45. A primeira revelação estava personificada em Moisés, a segunda no Cristo, a terceira não o está em indivíduo algum. As duas primeiras são individuais, a terceira é coletiva, eis aí uma característica essencial de uma grande importância. É coletiva no sentido de não ter sido feita para privilégio de pessoa alguma; assim sendo, ninguém pode dizer-se seu profeta exclusivo. Ela foi feita simultaneamente por toda a Terra, para milhões de pessoas, de todas as idades, de todas as épocas e de todas as condições, desde a mais baixa até a mais alta da escala, de acordo com esta predição registrada pelo autor dos Atos dos Apóstolos:* “Nos últimos tempos, disse o Senhor, derramarei do meu espírito sobre toda a carne; vossos filhos e filhas profetizarão, os jovens terão visões, e os velhos terão sonhos.”
Ela não se originou de nenhum culto especial, a fim de servir, um dia, de ponto de encontro para todos.
KARDEC, Allan. A Gênese. Os Milagres e As Predições Segundo o Espiritismo. Tradução de Albertina Escudeiro Sêco. 2. Ed., Rio de Janeiro, CELD Ed: 2008. Cap. I, item 45, p.38.
I.3.3) Elucidações de Allan Kardec sobre O Pentecoste e o Espírito Santo
A Gênese - Capítulo XVII -  Predições do Evangelho - Vossos filhos e vossas filhas profetizarão
 61. Assim, como vimos (cap. I, item 32), coincidente com outras circunstâncias, o advento do Espiritismo realiza uma as mais importantes predições de Jesus, pela influência que deve forçosamente exercer sobre as ideias. Além disso, ele é claramente anunciado no que foi narrado nos Atos dos Apóstolos: “Nos últimos tempos, diz o Senhor, derramarei do meu espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão.”
É o anúncio inequívoco da vulgarização da mediunidade, que presentemente se revela em indivíduos de todas as idades, de ambos os sexos e de todas as condições, e em consequência da manifestação universal dos espíritos, uma vez que sem os espíritos não haveria médiuns. Conforme está dito, isso acontecerá nos últimos tempos; ora, visto que não chegamos ao fim do mundo, mas, ao contrário, à sua regeneração, devemos entender essas palavras como os últimos tempos do mundo moral que chega ao fim.
KARDEC, Allan. A Gênese. Os Milagres e As Predições Segundo o Espiritismo. Tradução de Albertina Escudeiro Sêco. 2. Ed., Rio de Janeiro, CELD Ed: 2008. Cap. XVII, item 61.
I.3.4) Elucidações de Allan Kardec sobre O Pentecoste e o Espírito Santo
O Evangelho Segundo o espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de Preces Espíritas.
Prefácio
O Senhor quis que a luz se fizesse para todos os homens, e que a voz dos espíritos penetrasse em toda parte, para que cada um desses homens pudesse adquirir a prova da imortalidade. É com esse objetivo que os espíritos se manifestam atualmente sobre todos os pontos da Terra, e a mediunidade — que desponta entre pessoas de todas as idades e de todas as condições, entre homens e mulheres, entre crianças e velhos — é uma prova da realização dos tempos preditos por Jesus.
KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Tradução de Albertina Escudeiro Sêco. 1. Ed., Rio de Janeiro, CELD Ed: 2008. Cap. XXVIII, item 9, p. 266.

ENCICLOPÉDIA DA BÍBLIA, organizada por John Drane


Caros amigos.

Gostaria de recomendar a excelente Enciclopédia da Bíblia, organizada por John Drane, que poderá ser encontrada nas grandes livrarias, como as Livraria Saraiva e da Travessa, por exemplo.

No entanto, vocês poderão Consultar e ler a Enciclopédia da Bíblia aqui mesmo no blog!

A imagem abaixo não é apenas uma figura, mas sim uma janela para acessar essaa Enciclopédia, que está hospedada no "Google Livros".

Bastar clicar na barra de rolagem ("setinhas") da figura abaixo, e as páginas do livro se abrirão para leitura.

Caso a janela apareça "em branco", clique em "conteúdo", no topo dessa figura, e a enciclopédia será carregada no blog novamente.





Bons estudos, fraternal abraço, Fabiano


***

Dúvidas, críticas e sugestões?

Dúvidas, críticas e sugestões?
Mande um e-mail para mim, clicando no link abaixo

Seguidores do Site (clique em "seguir" para ser informado sobre novas postagens no blog)

Visualizações do blog desde julho/2010